URGENTE

Conheça a história do trabalhador rural que teve a pequena propriedade tomada por um banco



Em Matos Costa, município de 3.000 habitantes no norte catarinense, o agricultor Marcos Winter, de 65 anos, foi despejado da própria casa de uma hora para outra. A propriedade foi tomada por um banco com o qual Marcos tinha uma dívida, já prescrita, de cerca de R$ 1.300.

Veja como uma série de erros da justiça quase destruiu a vida de um trabalhador rural. Os erros foram reconhecidos e, pelo menos nesse caso, valeu o ditado: "a justiça tarda, mas não falha". Assista!

Nenhum comentário