URGENTE

Yuri Graneiro fotografa a exposição Azzedine Alaïa: “Je suis couturier”



O fotógrafo de moda Yuri Graneiro registra belas imagens de alguns dos principais looks que contam a história do mestre da alta costura Azzedine Alaia, na exposição “Je suis couturier” no charmoso bairro do Marais, ao lado do estúdio do designer em Paris, que agora pode ser vista no Museu do Design de Londres.



Nascido na Tunísia, Alaïa mudou-se para Paris e nos anos 80 ganhou o mundo vestindo mulheres icônicas da década como Tina Turner. Além de amigo intimo de modelos como Naomi Campbell e Linda Evangelista. Com sua habilidade extremamente marcante, tornou-se o estilista talentoso aclamado por décadas. Sempre com suas criações esculturais era conhecido como o Arquiteto da Moda, comparado com imortais como Balenciaga e Vionnet



Com curadoria do historiador da moda Olivier Saillard, a exposição destaca algumas das peças mais emblemáticas do estilista quase totalmente em preto e branco e não segue uma cronologia, um reflexo do que Alaïa dizia sobre suas criações: que eram verdadeiramente atemporais, podendo ser usados por diversas temporadas. Visionário, ele sempre trabalhou com os mais luxuosos dos tecidos, além de seu incrível savoir-faire com materiais inovadores e técnicas modernas.



Atualmente a exposição pode ser conferida no Museu do Design em Londres com o nome “Azzedine Alaïa: The Couturier” até o dia 7 de outubro de 2018. Diferente de Paris quem fez a escolha dos figurinos, foi o próprio estilista antes de sua morte, onde pode se observar o estudo preciso das técnicas e formas.








Nenhum comentário