URGENTE

Barbieri vê missão difícil em "jogo do ano" no Mineirão, mas afirma: "É possível"



A primeira pergunta direcionada a Maurício Barbieri nesta terça-feira, em coletiva no Ninho do Urubu, foi direta: qual time enfrenta o Cruzeiro, no Mineirão, nesta quarta, pelo jogo de volta das oitavas da Libertadores? A resposta não veio com os 11 titulares, mas deu indícios de força máxima.


O treinador, porém, preferiu aguardar o treinamento desta terça - antes da viagem para Belo Horizonte - e a avaliação final da comissão para cravar a equipe.


- Estamos analisando caso a caso. Os jogadores estão sendo avaliados agora. Não tenho resposta definitiva. Numa decisão como essa não existe isso de poupar. É possível que tenha que preservar alguém. Mas a ideia é ter a melhor equipe possível.



Barbieri espera força máxima no Mineirão (Foto: Marcelo Baltar/GloboEsporte.com)


Desfalque na derrota por 2 a 0 no Maracanã, após cumprir suspensão, Lucas Paquetá aparece como um reforço para o Rubro-Negro na partida do Mineirão.


- Conhecemos bem o Cruzeiro, que também nos conhece bem. Vamos ter o Paquetá para esse jogo, que é um ganho importante, pela relevância que ele tem para a equipe. Vamos aguardar o treino para definir a melhor equipe - afirmou o treinador.


Ciente da missão complicada na competição internacional, Barbieri fez questão de destacar a motivação do grupo para fazer história e avançar.


- O Cruzeiro é uma grande equipe, com um grande treinador, acostumada a esse tipo de campeonato. Mas estamos muito motivados. É o jogo mais importante do ano. Vamos fazer de tudo para reverter esse quadro. É difícil, mas possível.


Veja outros trechos da coletiva:



Desgaste


É difícil dizer o quanto pesa (o desgaste). Tivemos que fazer as viagens. A ideia de voltar para cá foi para recuperar os jogadores, devido à estrutura que temos no CT. Até pela privacidade que temos aqui. Chegamos bem preparados para essa decisão.


Quarteto Cuéllar-Paquetá-Éverton-Diego


Eu acho que os quatro são muito importantes, os números demonstram isso com relação a gols e assistências. A gente fica satisfeito em contar com os quatro em jogos como o de amanhã.



Barbieri confia na força do grupo para reverter placar (Foto: Alexandre Loureiro/BP Filmes. )


Missão no Mineirão


Temos oscilado mais em relação a resultados do que desempenho. Os outros treinadores vêm elogiando o Fla. Em alguns momentos não fomos eficientes. Temos condições de criar essas chances contra o Cruzeiro. Temos que tirá-los da zona de conforto, mesmo em casa. Sabemos que temos um placar adverso para resolver. Antes de pensar no gol, temos que criar chances. Trabalhar bola, conseguir espaços e aproveitar. Tenho certeza que vamos ter chances. Queremos o resultado para sair com a classificação.


Oscilação


Acho que a gente tem oscilado mais com relação ao resultado do que ao desempenho. Todos têm elogiado muito a atuação da equipe. Em alguns momentos não estamos sendo eficientes, mas estamos criando oportunidades, e a gente sabe que precisa disso lá no Mineirão.

Nenhum comentário