URGENTE

Operação cumpre 14 mandados de busca e prende um suspeito de tentativa de homicídio

Operação cumpre 14 mandados de busca e prende um suspeito de tentativa de homicídio
Ji-paraná, RO - Uma operação integrada entre a Polícia Civil e a Polícia Militar (PM) cumpriu 14 mandados de busca, apreensão e prisões, aconteceu na manhã desta terça-feira (24) em Ji-Paraná (RO), cidade a cerca de 370 quilômetros de Porto Velho. Um suspeito de tentativa de homicídio e tráfico de drogas foi preso e um foragido da Justiça recapturado.
De acordo com o delegado da Polícia Civil, Cristiano Mattos, a operação começou na última sexta-feira (20), depois de uma tentativa de homicídio no Bairro Primavera. Segundo Mattos, o principal suspeito do crime era também o gerente de 14 pontos de venda de drogas, todos no mesmo bairro.
“Foram cumpridos 14 mandados de busca e apreensão, todos no Bairro Primavera, em bocas de fumo gerenciadas pelo suspeito (...). Ele já é suspeito da prática de outros homicídios e o objeto primordial, além da prisão, era apreender armas de fogo, munições e entorpecentes”, explica.
Segundo o delegado, além do suspeito, foi preso um foragido da Justiça. As buscas aconteceram desde o fim da madrugada.
“O cumprimento de mandado de busca dentro do Primavera é extremamente difícil, pois há olheiros. Em termos de logística é muito complicado. Mas o importante é que as provas foram produzidas em relação a esta tentativa de homicídio”, explica.
Nenhuma arma ou munição foram apreendidas e as equipes da polícia permanecem no bairro cumprindo mandados de busca e apreensão.

A tentativa de homicídio


O crime aconteceu na madrugada do dia 20 de abril, no bairro Primavera. A vítima de 26 anos foi até um dos pontos de venda de drogas e teve um desentendimento no local. O suspeito pegou uma arma de fogo e a vítima tentou fugir, porém, dois homens, sendo um deles os suspeito apreendido pela polícia, o perseguiram.

“Ele foi perseguido pela rua e alvejado por disparos de arma de fogo efetuados pelo suspeito”, explica o delegado.

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima foi alvejada por dois disparos de arma de fogo e, segundo o delegado, só conseguiu se salvar porque se escondeu. De acordo com a polícia, o homem nega a autoria da tentativa de homicídio e também o envolvimento com o trafico de drogas.
“A quantidade de provas que nós temos contra ele em relação a esta tentativa de homicídio está bem forte e não tenha dúvidas que ele participou deste crime”, afirma Mattos.

Nenhum comentário