URGENTE

Quadrilha suspeita de fraude em salário-maternidade é alvo de operação da PF em Caxias do Sul

Quatro pessoas foram presas e sete mandados de busca e apreensão foram cumpridos em uma operação da Polícia Federal e da gerência executiva do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) de Caxias do Sul, na manhã desta quinta-feira (15), na Serra gaúcha.
A operação, batizada de "Em nome da mãe", tem objetivo de arrecadar provas relativas a fraudes na concessão de benefícios previdenciários, especialmente salário-maternidade.
A investigação, iniciada em setembro de 2017, apontou que a quadrilha solicitou a concessão de mais de quinhentos benefícios de salário-maternidade irregularmente. Pelo menos 224 foram concedidos.
Os quatro presos integram uma assessoria previdenciária, baseada em Caxias do Sul. Eles e as mais de 500 pessoas que solicitaram o benefício de forma irregular são investigados. Segundo a Polícia Federal, há benefícios solicitados em diversas partes do Rio Grande do Sul, com valor médio de R$ 4 mil.
Todos os benefícios encaminhados pelos investigados serão auditados pelo INSS. Os envolvidos responderão por estelionato contra a União e associação criminosa.

Nenhum comentário