Menina é violentada por três homens em seguida tem o corpo incendiado - Voz de Rondônia

quarta-feira, 28 de março de 2018

Menina é violentada por três homens em seguida tem o corpo incendiado

Menina é violentada por três homens em seguida tem o corpo incendiado
Casos de violência sexual contra mulheres, crianças e adolescentes são noticiados todos os dias em vários meios de comunicações não só no Brasil, mas em todo o mundo. Mais um crime chocante contra mulher veio à tona na última sexta-feira (23). Na ocasião, uma jovem estudante foi estuprada por um homem e dois menores e, como se não bastasse a tamanha crueldade com a vítima, os suspeitos ainda colocaram fogo no seu corpo.
O crime foi registrado no distrito de Nagaon, em Assam, na Índia. Segundo informações da imprensa local, a menina, teve 90% do corpo queimado. A garota ainda foi socorrida e levada para uma unidade médica da localidade, mas devido às gravidades dos ferimentos acabou morrendo.
             POLÍCIA PRENDE DOIS ACUSADOS DE COMETER O CRIME
A polícia informou que prendeu os dois menores, um de 11 anos, e o outro de 10 anos. O terceiro culpado, de 21 anos, atualmente está foragido da Justiça. Em depoimento, os jovens disseram que agrediram sexualmente a menor, quando ela estava sozinha em casa.
“Os menores admitiram o crime. Durante o interrogatório, eles disseram que a menina estava sozinha em casa depois de voltar da escola quando o jovem Zakir Hussain a estuprou. Os jovens então se juntaram e os três mais tarde a incendiaram”, disse o porta-voz da polícia, de acordo com o site Times of India. O policial também acrescentou que os pais da vítima estavam no trabalho quando o incidente ocorreu. De acordo com a polícia, a vítima conseguiu revelar o nome dos acusados antes de morrer.
“Registramos uma declaração que está morrendo. Com base em que dois dos acusados foram pegos, eles serão apresentados na corte hoje”, disse à Super TV, Shankar Raimedhi, superintendente de polícia, Nagaon. Raimedhi acrescentou que um exame médico para confirmar se a menor foi estuprada não pode ser realizado “devido à gravidade dos ferimentos” da vítima.
POLÍCIA SUSPEITA QUE A VÍTIMA FOI ABUSADA POR CAUSA DE RIXA ENTRE AS FAMÍLIAS
Suspeita-se que a agressão sexual seja um caso de inimizade pessoal entre Hussain e a família da vítima, segundo o site TOI. Os dois menores estão sendo julgados sob a Lei de Justiça Juvenil indiana. Até o fechamento desta edição, o outro acusado de ter cometido o crime ainda não tinha sido localizado e nem preso pela polícia.
O incidente ocorre apenas alguns dias depois que uma mulher de 35 anos foi estuprada por oito homens na frente de seu marido no mesmo distrito. O principal culpado oferecia ajuda ao casal, que não conseguia encontrar transporte à noite. Ele os levou para um lugar isolado, sob o pretexto de ajudá-los a encontrar um abrigo, onde ele e outros sete homens a estupraram em grupo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário