'Se eu for preso, quando sair a polícia não vai me impedir de matá-la', diz marido à mulher - Voz de Rondônia

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

'Se eu for preso, quando sair a polícia não vai me impedir de matá-la', diz marido à mulher


Porto Velho, RO - Na tarde desta quarta-feira (10), Edvan P. M., 47, foi preso acusado de ameaçar de morte a própria mulher - uma cabeleireira de 36 anos. O crime aconteceu na residência do casal, que fica no bairro Novo Horizonte, zona Sul de Porto Velho.

Segundo o boletim de ocorrência, a mulher acionou a Polícia Militar e informou que durante uma discussão, o marido havia ameaçado-a de morte. A vítima disse ainda que as ameaças e muitas vezes até agressões são constantes e por medo não tinha denunciado antes. Ela contou também que o marido diz que se ele for preso, quando sair da cadeia a polícia não impedirá de matá-la. As ameaças ocorrem sempre na presença dos filhos menores de idade da mulher, frutos de outro casamento.

Mediante aos fatos, o suspeito recebeu voz de prisão e foi levado para a Central de Flagrantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário