URGENTE

Chapa 1 vence as eleições no Sintero com a Professora Léo presidente



Apuração das eleições do Sintero

A chapa 1 “Renovar Com Responsabilidade”, que teve a Professora Lionilda Simão como candidata a presidente do Sintero, venceu as eleições sindicais disputadas nesta quarta-feira, dia 01/11.

Três chapas se inscreveram para disputar os cargos da Diretoria Executiva e das Diretorias Regionais do Sintero, em eleições desvinculadas.

Para a Executiva a chapa 1 saiu vencedora com 4.982 votos contra 4.479 votos da chapa 2 e 934 votos da chapa 3.

A chapa 1 também venceu nas Regionais Norte, sediada em Porto Velho; Estanho, sediada em Ariquemes; Centro 2, com sede em Ouro Preto do Oeste; Café, com sede em Cacoal; Mata, com sede em Rolim de Moura; Apidiá, com sede em Pimenta Bueno; e Mamoré, com sede em Guajará-Mirim.

A chapa 2 venceu nas Regionais Centro 1, sediada em Jaru; Guaporé, sediada em Presidente Médici; Rio Machado, com sede em Ji-Paraná; e Cone Sul, com sede em Vilhena.

Esse resultado é extraoficial. O resultado oficial deverá ser divulgado pela Comissão Eleitoral após uma criteriosa análise de todos os boletins de urnas e atas de apuração.

O processo eleitoral foi conduzido por uma comissão eleitoral independente, eleita pela categoria em assembleia geral. A coleta de votos e a apuração foram realizadas por mesários indicados pelas chapas concorrentes, com o acompanhamento de fiscais. Observadores da CNTE e da CUT também acompanharam todo o processo.

A presidente eleita, Professora Lionilda Simão, votou de manhã em Cacoal e no final da tarde se deslocou para Porto Velho, onde acompanhou a apuração.

Ela agradeceu aos trabalhadores em educação que confiaram nas suas propostas e a todos os trabalhadores que atuaram no processo. Disse que agora não existem mais chapas concorrentes, e que todos devem se unir no objetivo principal, que é a luta em defesa da categoria.

O resultado das eleições sindicais foi bastante comemorado por militantes que se concentraram em frente à Sede do Sintero, em Porto Velho.

Nenhum comentário